Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Aluno > IFG > Últimas notícias > Câmpus Goiânia lidera em número de apresentações na programação do XIV Festival de Artes de Goiás
Início do conteúdo da página
XIV FESTIVAL DE ARTES

Câmpus Goiânia lidera em número de apresentações na programação do XIV Festival de Artes de Goiás

Serão apresentadas pela unidade, mais de 20 atrações que contemplam música, dança, teatro e artes visuais

Nesta edição, o festival contará com concerto da Banda Sinfônica Nilo Peçanha
Nesta edição, o festival contará com concerto da Banda Sinfônica Nilo Peçanha

Das mais de 80 apresentações artísticas selecionada para o XIV Festival de Artes de Goiás, 23 serão executadas por estudantes do Instituto Federal de Goiás (IFG) – Câmpus Goiânia. O evento será realizado entre os dias 7 e 11 de novembro, no Câmpus Itumbiara, e contará com a presença de mais de 200 alunos da unidade de Goiânia, comandando atrações que englobam música, teatro, dança e artes plásticas.

O número significativo de atrações chama atenção para o trabalho na área das Artes desenvolvido junto aos alunos do ensino técnico integrado na unidade. O coordenador do curso técnico integrado em Instrumento Musical, que também é responsável pelo Câmpus Goiânia na Comissão Organizadora do Festival, Lamartine Silva Tavares, conta que todo o processo do evento começou ainda em maio, quando as reuniões iniciaram. A partir de então, foi dada a largada da etapa de produção e ensaio das apresentações sugeridas.

Para o professor, essa é uma forma de mostrar a necessidade de protagonismo do Câmpus Goiânia na área de Artes. “Somos o maior colegiado de Artes da Rede (Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica). São 23 professores de Artes”, afirma. Algumas atrações que serão apresentadas, como o Grupo de Choro do IFG e a Banda Sinfônica Nilo Peçanha, já fazem parte do calendário artístico do câmpus e atraem a atenção da comunidade interna e externa.

Atração cativa do público do Câmpus Goiânia, Grupo de Choro do IFG integra programação do Festival de Artes de Goiás
Atração cativa do público do Câmpus Goiânia, Grupo de Choro do IFG integra programação do Festival de Artes de Goiás

 

Neste ano, o destaque vai para a apresentação da Banda Sinfônica Nilo Peçanha, que está de volta ao Festival de Artes depois de ficar duas edições fora da programação. Formada por alunos do curso técnico em Instrumento Musical, o grupo é um grande laboratório para os estudantes, que tem contato com a realidade de como funciona uma banda sinfônica. “Ela é o motor do curso. É ela que faz tudo andar”, comenta Lamartine.

Ainda na área musical, o professor reforça a quantidade de atividades voltadas para a Música de Câmara – executada por grupos menores, como quintetos, quartetos e trios. Essa categoria tem sido ofertada como matéria optativa aos alunos e, segundo Lamartine, tem apresentado boa adesão. “Quase 100% dos estudantes estão nelas”, acrescenta.

Quem estiver pelo Câmpus Itumbiara poderá conferir esse trabalho desenvolvido pelos alunos nos recitais dos grupos de Violões, Trompas, Fagotes, Saxofones e no recital de Sopro – isso só para citar alguns exemplos do que tem na programação. Lamartine justifica o investimento na área de Música de Câmara, pois a sua prática ajuda no desenvolvimento do músico, amadurecendo-o para as apresentações na Banda Sinfônica Nilo Peçanha.

Um dos representantes da prática de Música de Câmara é o Grupo de Trompas, formado por alunos do Câmpus Goiânia
Um dos representantes da prática de Música de Câmara é o Grupo de Trompas, formado por alunos do Câmpus Goiânia

 

Diversidade

Além das atrações musicais, a variedade das apresentações selecionadas no Câmpus Goiânia demonstra a atenção com outras linguagens da Arte, como o teatro, a dança e as artes visuais, que são vivenciadas na sala de aula e em projetos de ensino que fazem parte do ensino técnico integrado da unidade.

Na área de dança, serão apresentados os espetáculos “CasualMENTE”; “Dança Cultmix”, do Grêmio Estudantil, e “Dança das Cadeiras”, do Grupo de Dança Teatro do IFG – Câmpus Goiânia (GruDanTe).

Ainda haverá apresentações teatrais “Teatro de notícias populares”, do Grêmio Estudantil, e “Reconceito”. Nas artes visuais, foi selecionada a “Instalação Desgoverno”, do Grupo Inquiet’Arte, que também assina a interarte “Rejeição”.

Ensino

Lamartine analisa a participação dos alunos como uma importante ação de ensino para a Instituição. “A gente é uma instituição de ensino. Todas as ações são pensadas pedagogicamente”, completa.

Ele acredita que a participação de tantos alunos no festival é extremamente enriquecedora do ponto de vista de formação profissional. Para o professor, ao participar de um evento da abrangência do Festival de Artes de Goiás, os estudantes estão numa espécie de estágio, já que podem vivenciar a realidade de um músico/artista de maneira intensa.


Participantes do projeto de extensão GruLape estarão no Festival de Artes de Goiás

 

Além disso, Lamartine chama atenção para o trabalho de produção dos espetáculos, que demanda pesquisa, desde a escolha do repertório até sua execução. Da perspectiva da extensão, as apresentações do Câmpus Goiânia têm a participação de estudantes da comunidade externa, que participam de projetos de extensão da unidade, como Grupo do Laboratório de Percussão do Câmpus (GruLape), que apresentará o espetáculo “Do silêncio ao Som”, no dia 8 de novembro, a partir das 8h30.

Para conferir todas as atrações do IFG – Câmpus Goiânia no Festival de Artes de Goiás, acesse o site do evento.

Faça sua inscrição.

 

Coordenação de Comunicação Social do Câmpus Goiânia.

Notícias (Aluno)

Fim do conteúdo da página