Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
Bazar da Modelagem

Sustentabilidade na moda e integração entre estudantes e público marcam Bazar da Modelagem

Criado: Quarta, 07 de Novembro de 2018, 11h37 | Última atualização em Sexta, 16 de Novembro de 2018, 17h38

A terceira edição da atividade foi encerrada nesta quarta-feira, 7, com boa participação e comercialização

Professora Joana Cristina Neves de Menezes Faria, com alunas que trabalharam no segundo dia do Bazar
Professora Joana Cristina Neves de Menezes Faria, com alunas que trabalharam no segundo dia do Bazar

O Bazar da Modelagem, realizado no Câmpus Aparecida de Goiânia do IFG nesta terça e quarta-feira, dias 6 e 7 de novembro, deve superar o volume de vendas realizadas nas duas edições anteriores. A expectativa é da professora Joana Cristina Neves de Menezes Faria, em função da boa visitação do público e aquisição de peças, principalmente na noite de quarta-feira. Joana é organizadora da atividade com as professoras Karol Testoni e Yane Ondina de Almeida, coordenadora do curso Técnico Integrado em Modelagem do Vestuário. O Bazar da Modelagem é atividade do Projeto Integrador Educação Socioambiental, desenvolvido no segundo período do curso.

 

Sobre o Bazar, a professora Yane Ondina também confirma a importância do evento para o curso de Modelagem e para a comunidade como um todo: “O movimento foi gratificante, vendo todo mundo vindo aqui, adquirindo nossas peças, privilegiando o curso de Modelagem do Vestuário e também o nosso projeto. Esse Bazar faz parte de nossas disciplinas do curso que tratam de negócios e educação socioambiental, e tem o formato de Brechó. O fundamento básico da ação é a reutilização criativa, ou ‘Upcycling’, que é um conceito que está super em alta no mundo da produção e do consumo. O que nós fazemos é criar oportunidade para que roupas, calçados e objetos tenham um ciclo de vida mais duradouro, passando adiante uma roupa que não serve mais para alguém, mas que ainda pode ser usada por outra pessoa.”

 

“Eu estou achando os preços ótimos e estou gostando muito do bazar”, afirmou Laudecy Costa, que mora em Goiânia e soube do Bazar da Modelagem porque tem uma prima que é aluna do curso. Já Adriana Teles, que também visitava o bazar no segundo dia de funcionamento, trabalha em estabelecimento comercial próximo ao Câmpus Aparecida de Goiânia e soube do bazar em conversa com funcionária terceirizada do IFG. “É a primeira vez que eu venho. Estou gostando e vou comprar”, comentou.

 

Para os alunos do segundo período do curso Técnico Integrado em Modelagem do Vestuário, oferecido no IFG Aparecida de Goiânia na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA), o bazar está sendo uma oportunidade de grande aprendizado e interação. A estudante Liliane Maria conta que a turma toda participou de cada etapa de realização da atividade, desde a arrecadação das peças, a higienização, etiquetagem, organização e outras etapas. “Está sendo uma experiência muito positiva. A turma é muito participativa e o lucro está sendo bom”, revelou Liliane. Já, o aluno Gustavo Henrique, do 2º período de Modelagem do Vestuário, comenta sobre seu trabalho como monitor do Bazar: “Geralmente as pessoas têm dúvida quanto ao local onde estão as peças ou quais tamanhos podem servir, ou se uma peça fica bem naquele corpo ou não, então pro meu curso essa é uma experiência que contribui bastante pra nossa formação. Eu vou descobrindo aqui os gostos das pessoas e auxiliando os compradores com ideias de utilização de cada item do vestuário, porque essa forma de reutilização é genial! Uma roupa que não serve mais pra uma pessoa, ou que já está fora dos padrões da moda, muitas vezes é o modelo ideal para compor um visual diferente e ousado. Um cinto que você coloca sobre uma calça ou uma camisa, pode fazer toda diferença no seu visual. É só ter criatividade.” Estudantes de todas as turmas do curso de Modelagem do Vestuário dão apoio ao trabalho que tem o segundo período à frente.

 

O Bazar também é observado pelos usuários como uma oportunidade de adquirir peças de vestuário novas ou em ótimo estado de conservação, por preços muito abaixo dos de mercado. Além disto, os organizadores, professores e alunos do curso de Modelagem, também oferecem condições facilitadas de pagamento, criando uma espécie de crediário para os compradores que possuem vínculo com o IFG. Por exemplo, o servidor terceirizado, Jonas Soares, saiu com sacolas recheadas de roupas para toda a família e comenta sobre tudo que ele encontrou no Bazar: “Eu comprei apenas um sapato e uma camisa para mim, mas minha esposa comprou muitas outras coisas, como roupas para nossos filhos, roupas pra ela mesma, bolsa, roupa de cama e outros itens. Nós ficamos mais de uma hora aqui, escolhendo essas peças. Eu participei também das outras edições do Bazar, e nós sempre encontramos bons produtos, que servem pra toda família. Ano passado eu comprei roupas até pra minha sogra e cunhada. Ou seja, vale muito à pena.” 

 

O dinheiro arrecadado no Bazar da Modelagem é sempre utilizado em ação beneficente, com público definido pelos próprios alunos do Projeto Integrador, além de servir para eventos e atividades do próprio curso. O Projeto Integrador Educação Socioambiental tem foco na sustentabilidade na moda, possibilitando um reaproveitamento de peças de roupa, calçados e decoração, por pessoas que se interessam por elas, passando pelo trabalho de reparo em alguns casos e culminando na destinação dos valores arrecadados para projetos sociais ou educacionais.

 

Imagens do primeiro dia

Imagens do segundo dia 

 

Coordenação de Comunicação Social e Eventos / Câmpus Aparecida de Goiânia

 

Fim do conteúdo da página