Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
INTERNACIONAL

"Participar do Programa Sakura Science foi excelente", professora Ana Paula conta como foi intercâmbio no Japão

Criado: Sexta, 06 de Dezembro de 2019, 17h04 | Última atualização em Segunda, 23 de Dezembro de 2019, 14h26

Docente do Câmpus Águas Lindas foi uma das selecionadas pelo edital do Conif

Professora Ana Paula (ao centro) e outros integrantes visitam os sítios históricos de Kamakura
Professora Ana Paula (ao centro) e outros integrantes visitam os sítios históricos de Kamakura

Visita a museus, sítios históricos, templos, à Agência de Exploração Aeroespacial do Japão, universidades, centro laboratoriais, escola secundária, Estátua da Liberdade, Centro Panasonic Tókio e à Agência Japonesa de Ciência e Tecnologia Marinha. O roteiro foi extenso para o intercâmbio de curta duração realizado no Japão, entre os dias 24 a 30 de novembro, pelo programa Sakura Science High School Program, promovido pela Agência de Ciência e Tecnologia do Japão (Japan Science and Technology Agency) em parceria com a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação (MEC).

Participaram do intercâmbio dez estudantes acompanhados por dois professores de Institutos Federais de todo país (Instituto Federal de Brasília, Instituto Federal do Acre, Instituto Federal de Roraima, Instituto Federal da Bahia, Instituto Federal do Maranhão, Instituto Federal do Mato Grosso, Instituto Federal do Triângulo Mineiro, Instituto Federal do Espírito Santo, Instituto Federal Sul-riograndense, Instituto Federal de Santa Catarina) sendo duas integrantes do Instituto Federal de Goiás (IFG), professora Ana Paula Gomes de Oliveira, do Câmpus Águas Lindas, e a estudante Clara Marcelino Ribeiro, que cursa técnico integrado em Edificações no Câmpus Goiânia.

Para participar do intercâmbio, os integrantes tiveram que passar pelo processo seletivo do edital CONIF/AI 01/2019 e, uma vez aprovados, tiveram todas as suas despesas custeadas pelo programa. Os intercambistas também participaram de palestras na Universidade Metropolitana de Tokyo e outra com o professor Akira Fujishima (Doutor em Química Aplicada e ganhador de inúmeros prêmios).

A professora Ana Paula conta que a viagem foi um incentivo para o seu aperfeiçoamento acadêmico e deixou boas memórias, amizades, mais conhecimento e portas abertas para novos projetos. “Indubitavelmente, visitar o Japão e estar imersa em sua cultura ampliou os meus horizontes de forma exponencial” detalha.

Para aqueles que anseiam participar de programas como esse, a docente destaca ser fundamental o conhecimento de línguas estrangeiras, especialmente o inglês, por seu caráter de língua franca, ou seja, língua amplamente utilizada em relações internacionais. “Outra sugestão é desenvolver habilidades atreladas à liderança, com o ensejo de apresentar retornos à comunidade em que estejam inseridos”, conclui.

Visita à Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (JAXA) pelo programa de intercâmbio Sakura Science High School Program, de 24 a 30 de novembro
Visita à Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (JAXA) pelo programa de intercâmbio Sakura Science High School Program, que ocorreu de 24 a 30 de novembro

 

 

Comunicação Social / Câmpus Águas Lindas

Fim do conteúdo da página