Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
EXTENSÃO

Divulgado resultado final do curso Teoria Pedagógica Emancipatória

Criado: Terça, 09 de Janeiro de 2018, 10h01 | Última atualização em Segunda, 29 de Janeiro de 2018, 08h45

Candidatos classificados deverão efetuar matrículas entre os dias 10 e 12 de janeiro, das 7 às 13h

A Gerência de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão (Gepex) do Instituto Federal de Goiás (IFG) – Câmpus Goiânia divulgou o resultado final da seleção para o curso de extensão “Teoria Pedagógica Emancipatória: currículo integrado, escola ativa e formação omnilateral”. Os aprovados deverão efetuar as matrículas nos dias 10, 11 e 12 de janeiro, das 7 às 13 horas, na Gepex do câmpus, localizado na Rua 75, nº 46, Centro (ao lado do Mutirama).

Devido ao horário especial de atendimento do Câmpus Goiânia durante as férias acadêmicas, as matrículas serão realizadas dos dias 10 a 12 de janeiro, das 7 às 13h

 

Para se matricular, o candidato deverá apresentar a os originais e cópias de documento de identificação oficial com CPF e comprovante de endereço com CEP. É preciso também levar o formulário de matrícula preenchido e assinado, além do termo de ciência de participação em curso de extensão (quando for necessário). Esses documentos estão disponíveis na página da Extensão do Câmpus Goiânia. Caso o candidato seja menor de idade, é necessário apresentar cópia e original do documento de identidade que contenha número do CPF do responsável. Candidatos da comunidade interna do IFG não precisam apresentar documentação.

Conforme o cronograma da chamada pública, as aulas do curso de extensão Teoria Pedagógica Emancipatória terão início no dia 20 de janeiro, com previsão de término no dia 9 de março. As aulas serão aos sábados, das 14 às 18 horas, no IFG – Câmpus Goiânia.

O objetivo do curso é discutir e aprofundar os estudos acerca de uma teoria pedagógica emancipatória, ou seja, uma proposta de educação que visa à emancipação das pessoas, abordando questões indissociáveis existentes entre trabalho e educação. Para tanto, serão estudados os pensamentos de diversos autores, como Adorno, Bourdieu, Gramsci, Manacorda, Marx, Saviani e Vigotski.

Caso haja vaga remanescente, os candidatos em lista de espera serão convocados e deverão realizar suas matrículas no dia 16 de janeiro, de acordo com o que estipula a chamada pública.

Para mais informações, acesse a página da Extensão do Câmpus Goiânia.

Confira o resultado final da seleção para o curso de extensão Teoria Pedagógica Emancipatória.

 

 

Coordenação de Comunicação Social do Câmpus Goiânia.

Fim do conteúdo da página