AVALIAÇÃO

Engenharia de Transportes do Câmpus Goiânia recebe conceito 4

Avaliação de reconhecimento do curso foi realizada pelo Instituto Nacional de Estudo e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira do Ministério da Educação

  • Imprimir
  • Criado: Terça, 30 de Abril de 2019, 14h18
  • Última atualização em Terça, 21 de Maio de 2019, 08h05
imagem sem descrição.

O curso de Bacharelado em Engenharia de Transportes do Câmpus Goiânia do Instituto Federal de Goiás (IFG) foi reconhecido com conceito 4 após avaliação realizada por equipe do Instituto Nacional de Estudo e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira do Ministério da Educação (Inep/MEC). A equipe avaliadora esteve na Instituição entre os dias 7 e 10 de abril, momento em que analisaram a infraestrutura ofertada, corpo docente e tutorial e organização didático-pedagógica. Para tanto, foram necessárias reuniões com os professores que compõem o quadro do curso, gestores da unidade e alunos.

Pioneiro no país, o Bacharelado em Engenharia de Transportes do Câmpus Goiânia é um dos poucos na região. Conforme relatório de avaliação do Inep/MEC, o curso apresenta organização didático-pedagógica implementada e fundamentada em um projeto pedagógico elaborado com a participação de todo o corpo docente. O documento ainda aponta que as metodologias de ensino, pesquisa e extensão, conteúdos curriculares e o perfil do egresso dialogam, de acordo com o que preconizam as Diretrizes Curriculares Nacionais e a realidade do mundo do trabalho, assim como suas atividades práticas.

De acordo com a avaliação, o corpo docente e tutorial do curso apresentam qualificação acadêmica adequada e ampla experiência na profissão, além de participar de maneira ativa dos processos pedagógicos. Para a coordenadora do curso, professora Denise Aparecida Ribeiro, o conceito 4 é o resultado do esforço em conjunto das gestões anteriores do curso, seus professores e alunos. “Em primeiro lugar, aos professores da área de Transportes, que se empenharam em implementar o primeiro curso de Engenharia de Transportes no Brasil. Em especial às coordenadoras Maria de Lourdes Magalhães e Mariana de Paiva que coordenaram os esforços na criação, implementação e acompanhamento nesses cinco anos. Aos alunos que aproveitaram a oportunidade e se empenharam em estudos e pesquisas. Contamos também com toda a comunidade do IFG, que teve total boa vontade em colaborar com as necessidades no curso, inclusive no processo de reconhecimento”, acrescenta a professora.

Para a coordenadora, o relatório de avaliação servirá como norte para um plano de ação tendo em vista o aperfeiçoamento do curso. “As expectativas futuras são que as pesquisas já desenvolvidas sejam aprimoradas para o desenvolvimento de inovações tecnológicas, projetos de ensino e extensão”, complementa Denise.

Confira na íntegra o relatório de avaliação do curso de Engenharia de Transportes do IFG – Câmpus Goiânia.

Conheça mais sobre o curso.

 


Coordenação de Comunicação Social do Câmpus Goiânia.