Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página
intercâmbio

Alunos do Câmpus são selecionados para programa de intercâmbio nos EUA

Criado: Sexta, 12 de Abril de 2019, 11h25 | Última atualização em Sexta, 03 de Maio de 2019, 10h35

Lívia ficou com a 1ª vaga e Marcus foi classificado como suplente

Os dois estudantes têm em comum o desejo de cursar graduação fora do Brasil
Os dois estudantes têm em comum o desejo de cursar graduação fora do Brasil

 

Dois estudantes do IFG Câmpus Itumbiara, Livia Bessa (2º ano do Técnico em Química) e Marcus Vinícius Lages (3º do Técnico em Eletrotécnica) foram selecionados no programa de bolsas integrais de estudo no Egito e nos EUA, promovido pelo AFS, organização internacional, e pela BP Biocombustíveis. O intercâmbio é voltado para as áreas da ciência, tecnologia, engenharia, matemática e seleciona intercambistas de escolas públicas com idade entre 15 e 17 anos .

Das dez bolsas distribuídas no Brasil, duas foram direcionadas para a região de Itumbiara e/ou Cachoeira Dourada por serem cidades onde estão instaladas usinas da BP.


Lívia estará em solo americano de 7 de julho a 1º agosto, na cidade de Houston, no estado do Texas. Muito feliz com a oportunidade, a jovem revelou que este será seu segundo intercâmbio (o primeiro foi para aperfeiçoamento do idioma inglês), e sua quinta viagem ao exterior (ela já visitou Argentina, França, Inglaterra e Paraguai).

Saber que outros colegas do IFG também participaram de intercâmbio e o desejo de fazer graduação no exterior, foram as motivações de Lívia para participar desta seleção. Ela que estuda inglês desde os dez anos, comenta ainda que esta oportunidade será muito válida e como incentivo aos demais interessados em programas como este, diz que não se pode desistir do objetivo, tampouco desanimar quando aparecer o “primeiro problema, primeira dificuldade”. E afirma também que é necessário estudar e praticar constantemente e “acreditar que será capaz” de conseguir a vaga.

Marcus Vinícius, que ficou com a vaga de suplente, assim como Lívia, estuda inglês desde criança e por incentivo do pai, que era executivo e logo cedo percebeu a importância de o filho aprender outro idioma. Atualmente Marcus continua estudando inglês e procura ter contato constate com o idioma por meio de filmes, séries, músicas e jogos. Vale até mesmo configurar o smartphone para a língua estrangeira, lembrou Lívia.
O jovem Marcus revela que pretende continuar participando de programas de intercâmbio, e que seu objetivo é cursar faculdade de programação no Canadá, em 2021, quando estiver com 19 anos.


Programa
O programa BP Global Stem Academy é voltado para quem deseja se “tornar um desenvolvedor de jogos, codificador, engenheiro ou inovador”. Onde os participantes poderão desenvolver “competências globais fundamentais como habilidades linguísticas, adaptabilidade, resolução de problemas, colaboração e habilidade de construir pontes entre culturas”.
Saiba mais sobre o programa clicando aqui

 


Setor de Comunicação Social e Eventos – Câmpus Itumbiara.

 

Fim do conteúdo da página