Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página

Programas para Alunos

Criado: Quinta, 17 de Março de 2016, 09h08 | Última atualização em Segunda, 08 de Janeiro de 2018, 16h37

 

Ciência sem Fronteiras

O Ciência sem Fronteiras é um programa do Governo Federal que busca promover a consolidação, a expansão e a internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira, por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional. A iniciativa é fruto de esforço conjunto dos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC), por meio de suas respectivas instituições de fomento – CNPq e Capes, e Secretarias de Ensino Superior (SESU) e de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC) do MEC.

 

Este programa prevê a concessão de 101 mil bolsas em quatro anos para promover intercâmbio, de forma que alunos de graduação e pós-graduação façam estágio no exterior com a finalidade de manter contato com sistemas educacionais competitivos em relação à tecnologia e à inovação. Além disso, busca atrair pesquisadores do exterior que queiram se fixar no Brasil ou estabelecer parcerias com os pesquisadores brasileiros nas áreas prioritárias definidas no Programa, bem como criar oportunidade para que pesquisadores de empresas recebam treinamento especializado no exterior.

 

As áreas prioritárias do Programa Ciência sem Fronteiras são:

  • Engenharias e demais áreas tecnológicas;
  • Ciências Exatas e da Terra;
  • Biologia, Ciências Biomédicas e da Saúde;
  • Computação e Tecnologias da Informação;
  • Tecnologia Aeroespacial;
  • Fármacos;
  • Produção Agrícola Sustentável;
  • Petróleo, Gás e Carvão Mineral;
  • Energias Renováveis;
  • Tecnologia Mineral;
  • Biotecnologia;
  • Nanotecnologia e Novos Materiais;
  • Tecnologias de Prevenção e Mitigação de Desastres Naturais;
  • Biodiversidade e Bioprospecção;
  • Ciências do Mar;
  • Indústria Criativa (voltada a produtos e processos para desenvolvimento tecnológico e inovação);
  • Novas Tecnologias de Engenharia Construtiva;
  • Formação de Tecnólogos.


Para pleitear uma bolsa do Programa Ciência sem Fronteiras, o aluno de graduação deverá atender aos seguintes requisitos:

  • possuir nacionalidade brasileira;
  • estar matriculado em curso de nível superior nas áreas prioritárias do programa;
  • apresentar perfil de aluno de excelência, baseado no bom desempenho acadêmico (possuir Coeficiente de Rendimento Acadêmico maior ou igual a 6,0)
  • ter concluído ente 20% e 90% do currículo previsto para o curso (na data prevista para a viagem);
  • ter obtido nota no ENEM igual ou superior a 600 pontos;
  • não ter sido contemplado com bolsa de graduação sanduíche financiada pela CAPES ou CNPq;
  • obter nota mínima no teste de proficiência de acordo com a exigência do país de destino (verificar em cada edital).

 

Inscrição
Para se inscrever, o estudante deverá preencher ficha de inscrição no sítio oficial do Programa Ciência sem Fronteiras (acesse aqui), anexando toda documentação comprobatória (Histórico Escolar; comprovante de prêmios obtidos ou de participação em Programas de Iniciação Científica e Tecnológica ou de Iniciação á Docência). Além disso, o estudante deverá também entregar, para o processo de homologação de sua candidatura, a seguinte documentação na Gerência de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão do Câmpus GEPEX):

  • formulário de inscrição segundo modelo próprio, devidamente preenchido e assinado;
  • cópia do comprovante de matrícula;
  • cópia do Histórico Escolar atualizado, contendo o Coeficiente de Rendimento Acadêmico;
  • cópia do comprovante de prêmios obtidos ou de participação nos programas PIBIC, PIBITI e PIBID.

 

O candidato selecionado pelo Programa Ciência sem Fronteiras deverá providenciar toda a documentação prevista no Edital do Programa e também elaborar, em conjunto com o Coordenador de seu curso, um plano de atividades, contendo a relação de disciplinas a ser cursadas e uma justificativa da importância do intercâmbio para sua formação (clique aqui para baixar o modelo).

 

Mais informações, acesse os documentos das Chamadas Públicas CAPES/CNPq (veja instruções aqui)

Chamadas abertas (resumo das chamadas)

Mais informações poderão ser obtidas na página do Programa Ciência sem Fronteiras

 

 

 

Fim do conteúdo da página