Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Eventos (Câmpus Jataí)
Início do conteúdo da página

Eventos (Câmpus Jataí)

17 a 19 de outubro - III Semana de Agrimensura

 Faça o download - Programação da III Semana de Agrimensura Coordenação de Comunicação Social - Câmpus Jataí

16 a 18 de outubro - 21.ª Semantec

A XXI Semana Técnico-Científico-Cultural (Semantec) do Instituto Federal de Goiás (IFG) – Câmpus Jataí, será realizada entre os dias 16 e 18 de outubro e terá como tema “Ciência para redução das desigualdades”. A Semantec é uma atividade acadêmica técnico-científica e cultural, que abrange toda a comunidade escolar do IFG-Câmpus Jataí, bem como é aberta à visitação para toda a comunidade regional. O objetivo geral da XXI Semantec é promover a apresentação de trabalhos e mostras estudantis de cunho científico e, ainda, de pesquisas de iniciação científica que reflitam a investigação crítica, o debate e a proposta de intervenção sobre assuntos relativos à “Ciência para redução das desigualdades”. A escolha do tema da XXI Semantec vem fazer coro ao tema da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2018: “A ciência para a Redução das desigualdades”. A ciência mostra-se como um possível caminho para se conseguir um desenvolvimento sustentável a longo prazo. Também pode minimizar as desigualdades sociais. O Brasil, um país com tantos problemas sociais, e com tímidos investimentos em Educação e valorização de cientistas, necessita discutir essa temática em todos os níveis e modalidades de Educação. A compreensão da sociedade, do fazer da ciência e dos impactos diretos e indiretos sobre a vida das pessoas, compõem uma necessidade básica. A ciência configura uma importante arma para impulsionar o crescimento econômico e combater as desigualdades sociais. É o que diz, por exemplo, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), que recentemente lançou um estudo sobre o impacto das novas tecnologias na melhoria da vida das pessoas. Para professores e professoras, atuantes na base da formação humana, essa afirmação se torna redundante, porém deve ser vivenciada, daí a importância da 21ª Semantec. Links relacionados: Saiba mais sobre o evento e confira a programação           Coordenação de Comunicação Social - Câmpus Jataí      

Eventos Realizados (Câmpus Jataí)

18 de outubro - Palestra Câncer de Mama-doença e prevenção.

A Coordenação de Recursos humanos e Setor de Saúde promove  atividade em comemoração ao  Outubro Rosa.   Palestra: Câncer de Mama- doença e prevenção.  Palestrante: Dr. Bruno Machado Rezende Ferreira  Dia: 18/10 (quinta-feira) Horário: 09 horas  Local: Mini-Auditório do IFG unidade Flamboyant   Coordenação de Comunicação Social - Câmpus Jataí

15 de outubro - Dia do Professor

O ofício de ensinar às vezes nos faz sentir que carregamos “água na peneira”. Pode até ser. Mas há sempre a esperança de que as pedras deem flor.   Aos mestres, que preenchem os vazios do mundo com seus melhores poemas, parabéns pelo Dia do Professor!   “O menino que carregava água na peneira” Manoel de Barros Tenho um livro sobre águas e meninos.Gostei mais de um meninoque carregava água na peneira. A mãe disse que carregar água na peneiraera o mesmo que roubar um vento esair correndo com ele para mostrar aos irmãos. A mãe disse que era o mesmoque catar espinhos na água.O mesmo que criar peixes no bolso. O menino era ligado em despropósitos.Quis montar os alicercesde uma casa sobre orvalhos. A mãe reparou que o meninogostava mais do vazio, do que do cheio.Falava que vazios são maiores e até infinitos. Com o tempo aquele meninoque era cismado e esquisito,porque gostava de carregar água na peneira. Com o tempo descobriu queescrever seria o mesmoque carregar água na peneira. No escrever o menino viuque era capaz de ser noviça,monge ou mendigo ao mesmo tempo. O menino aprendeu a usar as palavras.Viu que podia fazer peraltagens com as palavras.E começou a fazer peraltagens. Foi capaz de modificar a tarde botando uma chuva nela.O menino fazia prodígios.Até fez uma pedra dar flor. A mãe reparava o menino com ternura.A mãe falou: Meu filho você vai ser poeta!Você vai carregar água na peneira a vida toda. Você vai encher os vazioscom as suas peraltagens,e algumas pessoas vão te amar por seus despropósitos!   Mara Rúbia de Souza Rodrigues Morais Diretora-Geral - IFG Câmpus Jataí

Fim do conteúdo da página