Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeites

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Servidor > IFG > Últimas notícias > Trabalho do IFG é relatado em evento internacional do Instituto Nacional de Educação de Surdos
Início do conteúdo da página
Inclusão

Trabalho do IFG é relatado em evento internacional do Instituto Nacional de Educação de Surdos

Professora do curso de Pedagogia Bilíngue integrou mesa-redonda sobre a educação de surdos nos Institutos Federais

Professora Waléria Batista da Silva Vaz Mendes, uma das idealizadoras do curso de Pedagogia Bilíngue do IFG, no XVI COINES

A experiência do Instituto Federal de Goiás no trabalho em educação de surdos foi relatada no XVI Congresso Internacional e XXII Seminário Nacional do Instituto Nacional de Educação de Surdos - COINES 2017. O evento, com o tema "INES: 160 anos construindo igualdade e democracia no Brasil", está sendo realizado no Rio de Janeiro (RJ) até esta quarta-feira, dia 8 de novembro.

O curso de Pedagogia Bilíngue do IFG, ministrado no Câmpus Aparecida de Goiânia há três anos, é o primeiro do País oferecido na modalidade presencial. A professora  Waléria Batista da Silva Vaz Mendes, uma das idealizadoras do curso, foi debatedora  no XVI COINES na mesa-redonda intitulada “Conhecendo um pouco da Educação Bilíngue e os projetos em tecnologia assistiva para Surdos nos Institutos Federais”. A mesa-redonda integrou a programação no dia da abertura do evento, dia 6. Waléria Vaz discorreu sobre o assunto junto da representante do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), Carmen Beck, e do Instituto Superior de Engenharia do Porto – Portugal, Paula Maria de Sá Oliveira Escudeiro. O representante da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC), Franclin Nascimento, foi o mediador da Mesa.

A professora Waléria relatou que a abertura do XVI COINES, um dia após a realização do primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem),  foi marcada por aplausos incansáveis da comunidade surda presente, em comemoração à escolha do tema da redação feita pelo INEP/MEC: “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil”. Ela comentou que o tema foi “surpreendente” e muito positivo para incentivar reflexões e discussões na sociedade sobre a educação inclusiva.

Outro aspecto rico no evento, destacado pela professora, foi a oportunidade que os participantes tiveram de conviver com falantes de línguas de sinais de diferentes países. O XVI COINES está reunindo pesquisadores, professores, profissionais da área e demais pessoas interessadas, promovendo troca de conhecimentos e experiências sobre a cultura e a identidade surdas, estudos linguísticos, políticas públicas e outras assuntos.

No COINES está também sendo lançado o livro "Panorama da Educação de Surdos no Brasil", que concentra dados de 2010 a 2015 e é o primeiro relato da educação superior de surdos no país, além do Repositório Digital Huet, que agrega e disponibiliza online materiais sobre surdez em língua portuguesa e língua brasileira de sinais. Ambos os projetos foram idealizados e desenvolvidos por profissionais que fazem parte do Núcleo de Educação Online do instituto. A professora Waléria Vaz integra o Núcleo como coordenadora de Polo em Aparecida de Goiânia no Curso de Pedagogia Bilíngue EaD do INES.

 

Imagens

 

Coordenação de Comunicação Social e Eventos / Câmpus Aparecida de Goiânia.

Notícias (Servidor)

Fim do conteúdo da página