Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate - Tradução do site

ptenfrdeitesth

Opções de acessibilidade

Você está aqui: Página inicial > Últimas Notícias > IFG Anápolis celebra 1º aniversário do projeto “Mãos e Sonhos”
Início do conteúdo da página
Comemoração

IFG Anápolis celebra 1º aniversário do projeto “Mãos e Sonhos”

Criado: Quinta, 04 de Abril de 2019, 13h48 | Última atualização em Terça, 30 de Abril de 2019, 13h08

A abertura oficial contou com a presença de cerca de 300 pessoas. Evento será encerrado hoje, 4

Abertura do evento foi realizada no teatro do Câmpus Anápolis
Abertura do evento foi realizada no teatro do Câmpus Anápolis

 

O teatro do Instituto Federal de Goiás (IFG) – Câmpus Anápolis ficou repleto de pessoas e de muita alegria na noite de ontem, 3 de abril, ocasião que marcou o início do evento que celebra o primeiro ano de funcionamento do projeto “Alfabetização, letramento e fábulas no despertar dos sonhos”, também denominado “Mãos e Sonhos”. Na abertura oficial, várias atividades foram promovidas tais como roda de conversa, homenagens, apresentação de fotos e vídeos dos alunos, além de três palestras que abordaram assuntos como dignidade humana, qualidade de vida e regras de aposentadoria. O evento continua na noite desta quinta-feira, 4 (confira programação aqui). Veja galeria de fotos do primeiro dia do evento AQUI

 

A temática geral do encontro é “O respeito não envelhece”. Em cada detalhe da celebração foi possível ver o quão especial é esse projeto. Desde a distribuição de sementes de girassóis e sorteio de brindes aos presentes até a decoração caprichada do teatro e a realização de uma roda de conversa com os alunos idosos que relataram a diferença que o curso tem feito em suas vidas em termos de autoestima e emancipação enquanto cidadãos.

 

Na mesa diretiva da abertura oficial, registraram-se as presenças da diretora-geral do IFG – Câmpus Anápolis, professora Elza Gabriela Godinho Miranda, do gerente de Pesquisa, Pós- Graduação e Extensão do Câmpus Anápolis, professor Alessandro Silva de Oliveira, da idealizadora do projeto, Tarcilla Suzy Teixeira Lourenço e da professora do Câmpus Anápolis Cláudia Helena dos Santos Araújo. Os voluntários do projeto foram representados por Rosa Maria Lopes Teixeira e Anderson Silva.

 

Três palestras foram realizadas na noite de ontem. A primeira foi conduzida pela fisioterapeuta, especialista em Demarto-funcional e especialista em Nutrição Nany de Faria que falou sobre o seguinte tema: ““Vamos ser feliz agora!?”. Em seguida, foi a vez do gerente executivo do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em Anápolis, Paulo Henrique Amaral, que abordou a temática “Aposentadoria como direito de todos”. Para encerrar o ciclo, o advogado Pedro Xavier expôs a palestra “Velhice e dignidade da pessoa humana”.

  

PROJETO “MÃOS E SONHOS”

 

O projeto “Mãos e Sonhos” tem como proposta oferecer formação das primeiras letras a adultos, especialmente idosos, com pouca ou nenhuma instrução escolar. O curso é totalmente gratuito e ministrado todos os sábados no IFG, entre 16 h e 18 h. O projeto teve início em abril de 2018 com a participação de 20 adultos e idosos. Hoje já são cerca de 80 alunos que são assistidos por 19 voluntários. Além de educação, os voluntários buscam realizar sonhos dos participantes, daí a expressão escolhida “Mãos e Sonhos”.

O curso nasceu no coração de Tarcilla Suzy Teixeira Lourenço que é moradora de bairro vizinho ao Câmpus, o Copacabana, e já é colaboradora do IFG em parcerias da Instituição com a comunidade vizinha. Percebendo a existência de adultos, especialmente idosos, com pouca ou nenhuma escolaridade na região onde reside, ela tomou a iniciativa de procurar em 2018 o grupo gestor do Câmpus Anápolis para falar sobre o seu sonho, que logo se transformou em realidade.

O curso foi inserido no programa de extensão do Câmpus Anápolis denominado "Terra, mãos e sonhos no Câmpus Anápolis: uma proposta de intervenção nas condições de vulnerabilidade social no Residencial Copacabana e Vale das Laranjeiras", que foi oficialmente lançado em agosto de 2017. Uma das premissas básicas dele é o envolvimento da comunidade acadêmica do IFG – Câmpus Anápolis com moradores do Copacabana, Vale das Laranjeiras e adjacências. O coordenador geral do programa é o gerente de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão do Câmpus Anápolis, professor Alessandro Silva de Oliveira.

 

 

Coordenação de Comunicação Social/Câmpus Anápolis

Fim do conteúdo da página